BRUXISMO CAUSAS, CONSEQUÊNCIAS E TRATAMENTOS

Ranger e/ou apertar os dentes sem perceber durante o sono e em momentos de tensão são as características do bruxismo, um problema enfrentado por muitas pessoas, incluindo crianças, que pode gerar complicações na saúde bucal.

 

As causas do bruxismo são variadas. Elas vão desde estresse, personalidade (pessoas agressivas ou hiperativas tem mais tendência de desenvolver o problema), o próprio formato da arcada dentária, pois a má oclusão (alinhamento) pode gerar bruxismo, refluxo e complicações de algumas doenças ou uso de medicamentos como antidepressivos.

 

Assim, são muitas as causas físicas e psicológicas dessa desordem funcional do organismo. Por isso, estar muito ansioso, raivoso, frustrado ou tenso pode levar ao ranger involuntário dos dentes.

 

Existem alguns sintomas que ajudam a identificar o bruxismo, como dores nos músculos da face, mandíbula e pescoço, além de estalos ao movimentar a boca, zumbidos no ouvido e dor de cabeça.

 

É bastante difícil se auto diagnosticar, geralmente, alguém observa a pessoa dormindo e consegue identificar o ranger dos dentes. Contudo, como qualquer outro distúrbio, o diagnostico correto deve ser realizado por um especialista: dentista, ou médico ou fonoaudiólogo.

 

O profissional pode chegar a pedir uma polissonografia após a primeira avaliação clínica para determinar o grau do distúrbio e receitar o tratamento mais adequado.

 

Quem convive com os sintomas do bruxismo pode procurar alivia-los com algumas medidas como procurar dormir bastante e praticar atividades desestressantes, beber muita água, evitar comer alimentos mais duros e fazer compressas de calor úmido nos músculos da mandíbula.

 

Mas, é importante lembrar que existem complicações se o ranger involuntário dos dentes não for tratado. Dentre as complicações que o bruxismo pode causar estão fraturas dentais (trincas, lascas e quebras), desgaste prematuro dos dentes, perda do esmalte dos dentes, sensibilidade dental, problemas na articulação temporo mandibular (ATM), que pode acarretar, também, em dores de cabeça e hipertrofia muscular, insônia etc.

 

Além das massagens relaxantes, existem outros tratamentos para o bruxismo, como o uso de placas protetoras (placas interoclusais flexíveis de silicone ou placas rígidas de acrílico) moldadas de acordo com a arcada dentária do paciente. O uso das placas ajuda a restringir desgastes ou abalos nos dentes.

 

De toda forma, ainda não existe um tratamento totalmente eficaz no combate ao bruxismo, por isso, o uso das placas, muitas vezes, é associado ao uso de ansiolíticos, que ajudam a controlar quadros de estresse, raiva e ansiedade, geralmente relacionados a causas.

 

Por isso, vale sempre consultar seu dentista e acompanhar a saúde de sua boca para evitar problemas que o bruxismo pode trazer para você.

 

FALE COM A NOP ODONTO





Leave us a reply